Fernando de Noronha – O Hawaii brasileiro

Foto: Marcelo Freire

Não é a toa que Fernando de Noronha é conhecida como o Hawaii brasileiro. O arquipélago tem um clima tranquilo, água quente e cristalina, ondas fortes e tubulares que quebram de dezembro a março e até praias com fundo de pedra!

A atmosfera de ilha pequena e isolada favorece muito quem está atrás de um local mais reservado para passar as férias. Noronha oferece uma variedade de atrações, tanto para uma surf trip com os amigos ou para curtir um momento mais romântico, a dois.

Sobre Fernando de Noronha

Fernando de Noronha
Foto: Shutterstock

Fernando de Noronha fica a aproximadamente 1h20 de avião das cidades de Natal e Recife. Antes mesmo de desembarcar você já fica encantado com o visual do arquipélago, formado por 21 ilhas e ilhotas. Com apenas 17 km², o Arquipélago possui um mar de águas claras, praias maravilhosas e belezas naturais estonteantes!

Quer uma sugestão de surf trip em Fernando de Noronha? Clique aqui e veja um Pacote Sugerido.

Durante a maior parte do ano o clima em Noronha é maravilhoso. O arquipélago possui temperatura média de 28º e as chuvas chegam apenas entre abril e junho. Durante este período o uso de repelente é essencial! Na água a temperatura também é agradável durante o ano inteiro. No inverno se mantém em 26º e no resto do ano varia entre 27º e 29º.

De final de abril início de novembro, o local é ótimo para mergulhos e passeios de barco. Já no período entre dezembro e início de abril, ondulações encostam no arquipélago, oferecendo condições excelentes. Ondas fortes e tubulares fazem a cabeça de quem tem atitude para colocar para baixo e para dentro.

O surf em Fernando de Noronha

Nós gostamos mesmo é de falar sobre surf! E em Noronha, o que não falta são praias para você surfar.

Os melhores picos para surfar em Noronha

Cacimba do Padre

Foto: Marcelo Freire

Com certeza é onde estão as melhores ondas da ilha. Possui cerca de 900 metros de areia clara e fofa e várias árvores. As esquerdas são muito disputadas, mas a praia oferece boas direitas tubulares também. Quando o mar fica grande, a onda quebra na Laje da Cacimba ao estilo Banzai, em Pipeline.

Abras

Foto: Annibal

Point break com fundo de pedra. Oferece esquerdas clássicas e manobráveis. O período mais indicado para o surf é com a maré baixa. Para chegar à praia é necessário enfrentar um caminho não tão fácil, mas chegando lá você vai ver que vale a pena o perrengue.

Rurus

Foto: Clemente Coutinho

Localizada ao lado de Abras, Rurus tem uma ótima direita. É um pouco mais difícil de quebrar, mas quando o swell entra, a onda é muito boa para manobrar. Muita atenção na maré baixa, pois nesta situação surgem duas pedras no meio do caminho das ondas. Então cuidado com as quilhas!

Laje do Bode

Foto: Marcelo Freire

Fica próximo da Cacimba. O fundo de pedra forma ondas perfeitas e tubulares, que variam de 3 a 8 pés, predominando as direitas. Muito boa para fotografar de dentro da água.

Boldró

Foto: André Portugal

Também com fundo de pedra, Boldró oferece ondas fortes e rápidas. A melhor opção é a direita que quebra quando o mar está grande, mas as esquerdas também são ótimas. Quando a maré estiver baixa na Cacimba, dê uma checada nesse pico, pois pode encontrar o que estava procurando.

Praia da Conceição

Foto: Clemente Coutinho

Uma das mais bonitas e extensas praias da Ilha. Possui fundo de areia e, na temporada, as ondas variam de 2 a 8 pés, com ótimas esquerdas e direitas.

Cachorro

Foto: André Portugal

Fica próxima a Vila dos Remédios. Possui uma direita no canto do morro bem manobrável. É um dos picos mais frequentados pelos locais quando as condições estão boas. Vale muito a pena ir conhecer e você vai se divertir muito com essa onda.

Porto

Foto: Annibal

Local de embarque e desembarque dos barcos que abastecem a Ilha e dos passeios turísticos. Pico pouco constante. Geralmente a esquerda quebra quando o mar fica muito grande. Quando isso ocorre, as embarcações ali ancoradas vão para o outside e o pico fica livre para os surfistas. Vale conhecer para curtir o visual, que inclui um lindo pôr do sol.

O que fazer quando não está surfando

Não é só de surf que Fernando de Noronha é feita. Na ilha você encontra também muitas opções de passeios para curtir com os amigos ou apenas com seu par. As paisagens sensacionais não deixam nada a desejar. Não é exagero afirmar que é um pedaço do paraíso na Terra.

Foto: Shutterstock
Foto: Marcelo Freire

Então, além de paisagens surpreendentes e memoráveis, você também poderá aproveitar os diversos passeios oferecidos por lá.

Foto: Marcelo Freire

Mergulhar, conhecer as principais praias da ilha em uma 4X4, curtir a baía dos golfinhos bem de perto, em cima do barco, fazer trilhas ecológicas e ser puxado por um barco enquanto segura uma prancha e usa máscara e snorkel são os principais passeios oferecidos.

E aí, vamos para Fernando de Noronha?

Mais informações para sua Surf Trip em Fernando de Noronha confira aqui.

Agendow